English | Português

Login de Utilizador

Esqueceu a senha?

Projecto do KM4

Projecto do KM4

01 outubro 2014

Acções preparatórias para a abertura do TIRO-RG Km4

Mesa-que-presidiu-o-seminario-de-auscultacao-e-disseminacao-sobre-procedimentos-do-novo-terminal-KM-4-atraves-da-JUE1.jpg

No contexto das acções preparatórias para a abertura do TIRO-RG Km4, a Autoridade Tributária de Moçambique organizou um encontro, envolvendo a câmara de despachantes aduaneiros, operadores económicos, funcionários das Alfândegas, entre outros intervenientes no sector, com o objectivo de dar o ponto de situação do projecto da Terminal Rodoviária do KM4, cujo inicio da fase piloto indica 06 de Outubro de 2014.

O encontro foi presidido por Guilherme Mambo, Director Geral das Alfândegas (DGA) que referiu a quando da sua intervenção que: “Nós temos estado, nos últimos cinco anos, a trabalhar em busca da melhoria da qualidade de serviços prestados aos nossos utentes”, acrescentando acreditar que o projecto da terminal rodoviária vai ajudar a dar mais um salto nesse sentido.

Com relação a implementação do sistema da Janela Única Electrónica - JUE, no País, Mambo manifestou a sua convicção dizendo que: “hoje temos o potencial necessário para implementar projectos como a terminal rodoviária, porque temos um instrumento para interagir à distância, fazer pagamentos e desembaraçar mercadorias, para além de responder aos questionários dos utentes”.

“Depois de Ressano Garcia, na província de Maputo, faremos o mesmo em Machipanda, na província de Manica, Cuchamano e Zóbuè (na província de Tete), e ainda na zona fronteiriça do Rovuma, o que vai permitir com que o desembaraço seja feito no local de chegada, porque nem todas as pessoas que entram no ponto de entrada vão à cidade mais próxima”, sublinhou.

Participantes-no-seminario-de-auscultacao-e-disseminacao-sobre-procedimentos-do-novo-terminal-KM-4-atraves-da-JUE1.jpg

Por sua vez, Filipe Franco representante da empresa concessionária Gestão de Terminais S.A. (GT, S.A.), na sua apresentação, deu a conhecer aos presentes do mesmo encontro que o projecto do construção da Terminal Rodoviária do KM4 em Ressano Garcia orçou em cerca de 190 milhões de meticais, estando já concluídas as obras dos edifícios, onde deverão funcionar os serviços de migração, alfândegas, despachantes aduaneiros e o alpendre onde vai-se proceder à verificação de mercadorias dos importadores, entre outras infra-estruturas.

Filipe Franco, referiu que o conceito deste novo terminal tem por objectivo proporcionar aos utentes um ambiente moderno, eficiente e sobretudo que traga valor acrescentado aos seus utentes obedecendo um sistema de acesso controlado e mediante uma taxa de utilização.

Na ocasião, o representante da GT, S.A. encerrou a sua apresentação lançando como slogan do novo terminal o texto: “FAÇAMOS DO NOSSO TERMINAL A MAIS EFICIENTE DE TODOS OS TERMINAIS RODOVIÁRIOS DO PAÍS, ORGULHO DE QUEM NELA TRABALHA E SATISFAÇÃO DE QUEM A USA”.

 A terminar o encontro e em reacção as apresentações feitas, os participantes colocaram várias questões relacionadas com as taxas e rendas previstas para aquele novo terminal entre outros.