English | Português

Login de Utilizador

Esqueceu a senha?

Malawi busca experiência moçambicana

Malawi busca experiência moçambicana

13 agosto 2012

A possibilidade de cooperação em relação à circulação de mercadorias na região, o processo de modernização das alfândegas em vigor no nosso País, através da introdução do sistema da JUE, levou uma delegação das Alfândegas do Malawi a visitar Maputo, recentemente.
malawi-1.jpg
   
Os malawianos pretendiam, nesta visita de três dias, acordar mecanismos de conectividade entre os dois países com vista a garantir a troca de informação eficiente e controlo do trânsito de mercadorias de comércio externo.

A visita tinha ainda em vista, adquirir a experiência de Moçambique no concernente à implementação de sistemas modernos de desembaraço - a Janela Única Electrónica.
No referido encontro, a equipa moçambicana de implementação do sistema da JUE fez a apresentação do projecto já em pleno funcionamento nos três principais portos do País, nomeadamente, Maputo, Beira e Nacala, incluindo a Alfândega de Tete.

Shadric Namalomba, representante das alfândegas do Malawi disse, na ocasião, que “nós acreditamos que a experiência de Moçambique em relação ao funcionamento da Janela Única Electrónica é uma realidade e queremos aproveitar este momento para aprender os passos necessários para a introdução deste sistema no Malawi”.

Moçambique é um dos países pioneiros na implementação do sistema, tendo como objectivo facilitar o comércio externo e melhorar a integração regional entre os países da SADC.  

Por seu turno, o chefe da Divisão de Cooperação Internacional da Autoridade Tributária de Moçambique, Gimo Jone disse que “há necessidade de Moçambique partilhar a sua experiência com os países vizinhos, de maneira que o sistema seja implementado na sua plenitude e, consequentemente evitarmos problemas de conectividade entre os sistemas informáticos aduaneiros”.

malawi2-small.jpg

A delegação Malawiana escalou ainda as instalações da Autoridade Tributária, BCI, CTA, TIMAR e o Centro de Formação da JUE.

O projecto da Janela Única Electrónica funciona em algumas partes do mundo, sendo que em África, três países contam com este tipo de serviços, nomeadamente Gana, Madagáscar e Moçambique.