English | Português

Login de Utilizador

Esqueceu a senha?

JUE regista um milhão de declarações no seu 4˚ano de funcionamento

JUE regista um milhão de declarações no seu 4˚ano de funcionamento

10 dezembro 2015


A Janela Única Electrónica (JUE) registou a declaração número um milhão no passado dia nove de Dezembro de 2015, altura em que este sistema completa quatro anos da sua operacionalização, no País. Através da JUE foram colectados cerca de 105,731 milhões de meticais para os cofres do Estado.

Actualmente com mais de 2.000 utilizadores do sector privado e cerca de 1000 de entre funcionários aduaneiros, o sistema electrónico de desembaraço célere de mercadorias cobre a maioria dos postos de cobrança de receita aduaneira e constitui uma ferramenta de trabalho robusta, fiável e transparente, quer para a administração aduaneira, assim como para toda a comunidade envolvida no comércio externo.

De acordo com Manuel Wetela, formador da JUE, a submissão de um milhão de declarações representa, para a equipa envolvida desde o início da concepção, um momento histórico, pois um milhão de declarações parecia intangível, tendo em conta o volume de actividades necessárias para migração de um ambiente manual para electrónico, através das tecnologias modernas de informação e comunicação.

      “Um milhão de declarações quando multiplicado por mais de 100 elementos de dados isto é campos na declaração significa valiosos  dados estatísticos de comércio externo que podem ser usados em várias esferas económicas, incluindo a balança de pagamentos, tendências de aquisição de produtos pelos fazedores do mercado e outros estudos que podem auxiliar o Governo no desenho de políticas para maximização da produção interna de produtos específicos”, frisou Manuel Wetela.
Lino Massicane, director geral da Sodel-Sociedade de Despachos Lda, que submeteu a declaração um milhão para o seu cliente, Shoprite, disse, a propósito, que a JUE representa uma mais-valia no seu negócio: Com este sistema conseguimos, a partir de qualquer ponto do País ou do Mundo, monitorar o trabalho, através do Ipad, telefone celular, entre outros dispositivos, para saber em que situação se encontram as declarações”, referiu Lino Massicane, acrescentando que o sistema contribuiu igualmente para a redução do volume de arquivos.    
    Também interviu na declaração número um milhão Bolloré-África Logistics, cujo gestor nacional de vendas, Eurico Gonçalves, manifestou-se honrado por a empresa fazer parte do processo da JUE que culminou com a alcance da declaração um milhão.

“Desde finais de 2011, sentimos, como operadores logísticos, uma melhoria significativa no processo de desembaraço aduaneiro, no processo de importação e na cadeia de valor no seu todo, pois o sistema da JUE é uma plataforma que permite visualizar, online, toda a cadeia de valor da área de logística em Moçambique, o que nos permite dar resposta, em curto espaço de tempo, a todos os nossos clientes”, realçou Eurico Gonçalves.
Por sua vez, o representante da Shoprite, François Pereira, indicou que desde a implementação do sistema da JUE, em 2011, tem-se notado uma melhoria signiticativa nos processos de desembaraço das mercadorias desta cadeia de supermercados em Moçambique: “Este facto resulta na disponibilidade imediata dos nossos produtos no mercado, com elevada qualidade”, sublinhou.

Importa salientar que, para as Alfândegas de Moçambique o registo da declaração um milhão é histórico e mostra a caminhada longa e  o investimento feito na transformação dos funcionários e nas mentes para passar de forma eficaz dos processos manuais, redundantes e arcaicos para os processos eletrónicos céleres e transparentes num processo irreversibilidade e alinhado com as boas practicas internacionais.